Sigam Nossa Pagina

Style2

Mais Informações Clicar na imagem

Foto: Rodrigo Lôbo/JC Imagem

O jogo foi emocionante, com muitos gols, igual ao da Arena Joinville no primeiro turno. E mais uma vez o Sport foi superior ao Joinville. Desta vez a vitória foi de virada, 3×2, na Ilha do Retiro, pela 26° rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Marcos Aurélio foi o homem do jogo, criou, chutou, serviu os companheiros. Foi o jogador  que a torcida sempre quis ver com a camisa rubro negra, pena que ele não consegue repetir essas boas atuações.
O técnico Geninho acertou ao colocar dois meias de criação, Lucas Lima e Aílton. Já o 3-5-2, teve que ser desmontado durante o jogo, por conta das lesões de Pereira e Oswaldo. Mas nada que pudesse mudar o jeito do time jogar, e a vitória veio do jeito que o rubro negro gosta. Na raça e na vontade. Agora o time ocupa a quarta colocação e figura entre os classificados para a Série A do ano que vem. Na próxima rodada, o Leão recebe o América – RN, na próxima sexta-feira, ás 19h30, na Ilha do Retiro.
O jogo
Precisando vencer para voltar ao G-4, o Sport começou bem o jogo, partindo pra cima do Joinville, querendo abrir o placar logo no inicio do jogo. Mas a afobação deixou o time nervoso e errando, sempre no último passe. O Joinville aproveitou os erros do Sport e quase terminou o primeiro tempo com o placar superior ao do Sport.
Logo aos 4 minutos,  Marcos Aurélio chutou, a bola desviou e ficou fácil para o goleiro do JEC. Aos 8, Pereira deixou o campo com problemas musculares, mas Geninho manteve o esquema com três zagueiros e colocou  Gabriel. Aos 9 O Joinville fez bela jogada pela esquerda. Edigar Junio tabelou com Augusto Recife, ele chutou mas acertou Tobi. Aos 12, O Sport chegou com perigo pela primeira vez, com Felipe Azevedo, ele entrou na área e chutou cruzado. Oliveira mandou pra escanteio.
O Leão seguia pressionando, aos 15, Lucas Lima deixou Cordeiro em boa situação para abrir o placar, mas ele chutou e o goleiro fez a defesa. Aos 20, o golpe na torcida do Sport. Após o cruzamento, Magrão defendeu na primeira e no rebote Lima abriu o placar. O silêncio imperou na Ilha, e o gol foi o suficiente para os torcedores começarem a perder a paciência com alguns jogadores.
O Sport não se abateu, e aos 27, Lucas Lima fez grande jogada individual e tocou para Marcos Aurélio que chutou de fora da área para empatar o jogo. Depois do empate, o Sport ficou mais tranquilo em campo e foi em busca da virada, aos 35, Aílton deu um chapéu no zagueiro e chutou cruzado, a bola passou perto do gol.
No segundo tempo,  com mais um problema na defesa, Geninho foi obrigado a sair do esquema com três zagueiros, e sacou Oswaldo que deu lugar ao estreante Rafael Pereira.  Já o técnico Ricardo Drubscky colocou o seu time pra cima do Sport, pois o empate não interessava aos catarinenses. Kim no lugar de Edgar Junio.
Aos 4, Aílton tentou chutar colocado, sem perigo. Kim, entrou e logo de cara criou duas boas oportunidades, mas a bola passou por cima da meta de Magrão nas duas oportunidades.
Aos 14 , Maros Aurélio fez boa jogada e cruzou pra Felipe Azevedo, ele se antecipou ao goleiro e se jogou, a torcida pediu pênalti e o árbitro mandou seguir.
Nem precisou de pênalti, aos 16, Patric, que vinha sendo vaiado pela torcida pelos erros seguidos em campo, aproveitou o cruzamento e virou o placar para o Sport
O Leão vioru, mas continuou tomando. Aos 23, mais uma vez Kim teve a chance de marcar. E pela terceira vez o atacante chutou por cima.
Dois minutos depois o Sport marcou o terceiro e matou o jogo. Marcos Aurélio aproveitou o cruzamento e marcou. O Joinville atordoado começou a fazer faltas duras, e o Sport querendo a goleada. Aos 30, Marcos Aurélio, o craque do jogo, fez uma grande jogada e tocou pra Neto Baiano que cara a cara com o goleiro desperdiçou uma grande chance de marcar na sua estréia pelo Leão.
Aos 35, Grande jogada de Neto Baiano, que tocou de calcanhar pra Marcos Aurélio. Chute forte pra defesa de Oliveira. O Sport não fez e o Joiville diminuiu. Aos 38, Marcelo Costa de pênalti marcou e colocou fogo no jogo. Aos 46, o último susto, Diogo Oliveira bateu de pé direito. Magrão fez a defesa.
Pronto, aquela altura do jogo não dava pra passar por mais sustos. Final de jogo, Sport 3×2 Joinville.
 
Ficha de Jogo
SPORT: Magrão; Tobi, Pereira ( Gabriel) e Oswaldo (Rafael Pereira); Patric, Rithely, Ailton, Lucas Lima e Marcelo Cordeiro; Marcos Aurélio e Felipe Azevedo (Neto Baiano)
Técnico: Geninho
JOINVILLE: Oliveira; Eduardo, Sandro,Diego Jussanie Bruno Costa; Augusto Recife, Marcus Vinícius, Marcelo Costa e Hernane (Diogo Oliveira) ;Edigar Junio (Kim) e Lima (Edu) Técnico: Ricardo Drubscky
Local: Ilha do Retiro; Horário: Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ); Assistentes: Adson Marcio Lopes Leal (BA) e Marcio Gleidson Correia Dias (PA)
Gols: Lima  (J)  aos 20, Marcos Aurélio (S) aos 27 do primeiro tempo. Patric (S) aos 16, Marcos Aurélio (S) aos 25, Marcelo Costa (J) aos 38 do segundo tempo.
Cartões amarelos: Marcelo Costa, Augusto Recife e Kim (Joinville). Lucas Lima (Sport)
Público: 18.018
Renda: 254.955


Do NE10.

Sobre ÁLVARO MELLO

...
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

NÃO SERÁ PUBLICADO COMENTÁRIOS QUE POSSUAM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO.
CADASTRE-SE E COMENTE A VONTADE.

NO COMMENTS WILL BE POSTED TO POSSESS profanity.
REGISTER AND WILL COMMENT.

NON SARANNO PUBBLICATI I COMMENTI CHE POSSONO ESSERE PROFANITÀ. REGISTRATI E POTRAI COMMENTARE.


Top