Sigam Nossa Pagina

Style2

Mais Informações Clicar na imagem




Até esta semana, postagem advertindo o caso ultrapassava os 100 mil compartilhamentos. Ligações teriam origem no Estado do Mato Grosso

Um novo golpe, praticado através de ligações telefônicas, tem sido denunciado por usuários de redes sociais desde o último dia 18. Segundo relatos de pessoas de diversas partes do Brasil, ao atender as ligações com início 065, código referente ao estado de Mato Grosso, elas teriam escutado uma locução, feita com tons de vozes computadorizadas considerados 'satânicos', que teria pedido dados pessoais e proposto uma espécie de pacto. Ao fim da ligação, todos os créditos das pessoas que atenderam os telefonemas teriam sido roubados.


Até esta sexta-feira (27), mais de cem mil pessoas compartilharam a informação via internet. Entre elas está o estudante pernambucano, Carlos Pontes, de 17 anos, natural do município de São Caetano, Agreste do Estado. “Eu recebi a ligação enquanto dormia, por isso não cheguei a atender. Quando acordei, pensei em retornar a ligação, mas, meu pai, que já tinha visto o assunto na internet, não deixou”, contou.  Segundo o estudante, o número que ligou para o seu aparelho celular é o 065 - 65 - 2065 - 6253.


O caso do recifense e profissional de logística, Wagner Viana Ferraz, de 27 anos, é mais grave. Ele conta que, na manhã do dia 19 de dezembro, ao atender uma ligação, ouviu uma voz estranha. “A voz era de filme de terror. Eu não consegui entender bem o que a voz falava e desliguei o telefone. Pouco tempo depois, recebi uma mensagem dizendo que todos os meus créditos, que correspondiam ao valor de R$ 30 tinham acabado. Pretendo procurar a polícia”, disse. O número que ligou para Wagner Viana foi o 065 - 65 - 2065 - 6230.

O Portal FolhaPE entrou em contato com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para buscar informações se existiria a possibilidade dos usuários de telefonia celular, que foram vítimas de golpes iguais ou semelhantes ao da “gravação satânica”, buscarem algum tipo de auxílio junto à empresa. Segundo a assessoria de comunicação da Anatel, o mais indicado, já que não há fornecimento ilegal de telefones ou dados por parte das empresas de telefonia, é que as pessoas lesadas pelo golpe procurem a polícia.


Ainda segundo a Analtel, os usuários também podem procurar as operadoras para saberem se seus telefones foram clonados ou se houve algum tipo de desconto indevido em seu saldo celular. Entretanto, a agência acredita que seja improvável retirar créditos através de uma ligação e pede aos clientes abordados que não informem qualquer dado pessoal.


Em entrevista ao portal FolhaPE, o Comandante Geral da Polícia Militar, Carlos Pereira, disse já ter recebido um SMS suspeito e enviado por um número com o início 06565. Ele deu dicas do que fazer em casos onde exista suspeita de tentativa de golpes e recomendou que, sempre que alguém se sinta lesado, preste queixa à polícia, que tem um núcleo de ação específico para crimes telefônicos.


“A ligação satânica eu não conheço, mas existem casos semelhantes e comuns. É fundamental que as pessoas não acreditem em ligações ou mensagens desconhecidas e que prometam prêmios ou vantagens. Em outros casos, quando existe a simulação de um falso sequestro, o importante é manter a calma, desligar a ligação e tentar localizar o parente. Nenhum sequestrador de verdade fará nada baseado em uma só ligação. Caso os telefonemas virem constantes, o recomendado é procurar imediatamente a polícia”, contou.


Em caso de emergência, você pode acionar a polícia através do telefone: 190.


FolhaPE

Sobre ÁLVARO MELLO

...
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

NÃO SERÁ PUBLICADO COMENTÁRIOS QUE POSSUAM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO.
CADASTRE-SE E COMENTE A VONTADE.

NO COMMENTS WILL BE POSTED TO POSSESS profanity.
REGISTER AND WILL COMMENT.

NON SARANNO PUBBLICATI I COMMENTI CHE POSSONO ESSERE PROFANITÀ. REGISTRATI E POTRAI COMMENTARE.


Top