Sigam Nossa Pagina

Style2

Mais Informações Clicar na imagem



Com charangas, girândolas de fogos de artifício e muita vibração, mais de 2.000 torcedores presenciaram a seleção de Goiana vencer Cachoeirinha por 2x1, na tarde do domingo (18), no Estádio Agamenon Magalhães, e conquistar o título de campeã da Copa do Interior de Futebol 2011, competição promovida pela Federação Pernambucana de Futebol-FPF. Os gols goianenses foram anotados por Almir e Pêco, com Zequinha descontando para o time cachoeirinhense. A arbitragem do jogo foi de Cláudio Mercante, auxiliado por Ricardo Chianca e Marcelino Castro, trio do quadro da FPF.
A equipe alviazulina abriu o placar aos 23 minutos do 1º tempo com o atacante Almir, que se livrou de dois marcadores dentro da área e mandou para o fundo das redes sem chances para o goleiro Zé de Peba. O mesmo Almir em seguida desperdiçou duas oportunidades preciosas. E como em futebol continua valendo a máxima do quem não faz leva, o time goianense sofreu o empate aos 32 minutos com o atacante Zequinha fazendo para a equipe tricolor agrestina. Com o gol tomado, a seleção de Goiana sentiu e pareceu sumir em campo, passando a ser dominada pela equipe adversária, que teve o apoio maciço de dezenas de torcedores que vieram do Agreste para Goiana. Aos 39 minutos, após se agredirem mutuamente, foram expulsos o artilheiro goianense Almir e o volante de Cachoeirinha Djailson. Inconformado com a expulsão Almir foi tomar satisfação com Cláudio Mercante e levou um forte empurrão do árbitro, revidando com uma tapa que não chegou a atingir o juiz, que chamou a Polícia para deter o jogador.
Na segunda etapa, o jogo foi menos movimentado, com Goiana tendo dificuldades para furar o bloqueio do adversário que àquela altura obtinha resultado que lhe garantia o título, visto que havia vencido em casa por 1x0. Sem falar que em algumas oportunidades o goleiro Zé de Peba salvou a pátria cachoeirinhense com grandes defesas. Mas quando boa parte da torcida goianense pouco acreditava na vitória, aos 42 minutos, o meia Pel se projetou pela direita e cruzou para o meio da área, encontrando o atacante Pêco, um dos destaques do jogo, que fuzilou para dentro das redes de Zé de Peba que nada pôde fazer. 2x1 para Goiana e delírio da torcida goianense.
Após o apito final, a festa começou ainda dentro do campo. O presidente da FPF, Evandro Carvalho, juntamente com o prefeito de Goiana, Henrique Fenelon, passou o troféu Radialista Lauriano Silva para as mãos do próprio homenageado que fez a entrega ao capitão do time campeão, o volante Eraldo, que ergueu o troféu para alegria dos campeões e torcedores.
As rádios Nova FM (Goiana), Nova Timbaúba FM, Nova Carpina FM, Alternativa (Carpina) e Couraça FM, de Cachoeirinha, transmitiram a partida. O homenageado da FPF, Lauriano Silva, mais conhecido por Siri, é radialista e ex-vereador de Carpina. Ele comentou a partida para a emissora timbaubense ao lado do conhecido narrador Cláudio Lopes, que trabalhou por anos na Rádio Clube de Pernambuco.
Com o título, a seleção de Goiana repete o feito do selecionado goianense campeão no longínquo ano de 1976, que entre seus jogadores tinha o então lateral-direito Eduardo Veloso, hoje presidente da Liga Desportiva de Goiana, que coordenou a atual seleção com o apoio substancial da Prefeitura de Goiana. O time repete também a conquista de outra equipe da cidade que se sagrou campeã da Copa do Interior, o extinto Grêmio Celpe, em 1981, quando a Copa foi disputada pelos clubes campeões de cada município do interior de Pernambuco.

SECOM-GOIANA

Sobre ÁLVARO MELLO

...
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

NÃO SERÁ PUBLICADO COMENTÁRIOS QUE POSSUAM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO.
CADASTRE-SE E COMENTE A VONTADE.

NO COMMENTS WILL BE POSTED TO POSSESS profanity.
REGISTER AND WILL COMMENT.

NON SARANNO PUBBLICATI I COMMENTI CHE POSSONO ESSERE PROFANITÀ. REGISTRATI E POTRAI COMMENTARE.


Top