Sigam Nossa Pagina

Style2

Mais Informações Clicar na imagem


A hepatite é uma doença que tem como órgão alvo o fígado. Mas o que é o fígado?
 
Fígado:

O fígado é um órgão maciço, a maior glândula do organismo e fica localizado na parte superior direita do abdome. As células que o compõem são chamadas de hepatócitos. Ele é extremamente importante porque executa muitas funções vitais para o nosso corpo.

Suas funções:

1) Receber os nutrientes e as substâncias absorvidas no intestino;

2) transformar a estrutura química de medicamentos e outras substâncias, para suavizar, inativar ou ativar essas substâncias através da ação das suas enzimas;

3) armazenar nutrientes como glicose e aminoácidos para serem usados posteriormente pelo organismo;

4) a partir desses nutrientes, produzir várias substâncias usadas pelo organismo, como proteínas e lipoproteínas;

5) produzir a bile, um líquido verde e denso que auxilia o intestino na digestão de gorduras.
 

 
O que é a hepatite?

É uma doença inflamatória do fígado que compromete suas funções. Existem vários fatores que podem causar hepatite. Ela pode ser viral (quando for causada por um vírus), autoimune (quando nosso sistema imunológico reconhece seus próprios tecidos como estranhos, atacando-os para destruí-los) ou ainda ser causada por reação ao álcool, drogas ou medicamentos, já que é no fígado que essas substâncias são transformadas.

Existem vários tipos de hepatites, iremos então explicar suas diferenças, as vias de transmissão e os meios para tratá-las.

As hepatites podem ser agudas ou crônicas. Uma doença aguda é aquela que tem início repentino e geralmente apresenta sintomas nítidos e repentinos. Quanto o organismo não consegue curar-se em até 6 meses, a doença passa então a ser considerada crônica e muitas vezes não apresenta sintomas.

O que acontece quando o fígado não está saudável?

As doenças do fígado, especificamente a hepatite, provocam anormalidades na função desse órgão, como:

Icterícia: é o acúmulo de bilirrubina no sangue. A bilirrubina é um pigmento esverdeado usado pelo fígado para produzir a bile (uma substância que auxilia o intestino a digerir as gorduras). Esse acúmulo de bilirrubina faz com que a pele e as mucosas fiquem amareladas. Quando o fígado está inflamado, ocorre uma dificuldade de metabolização e eliminação da bile para o intestino;

Prejuízo na produção das proteínas e na neutralização de substâncias tóxicas; e

Cirrose: é o resultado final de qualquer inflamação persistente no fígado. Pode ocorrer em todas as condições de inflamação crônica desse órgão. Caracteriza-se por necrose (destruição das células), fibrose e nódulos de regeneração. Fibrose é a substituição das células normais do fígado por tecido de cicatrização. Esse tecido cicatrizado (chamado de fibrótico por ser formado por fibras) não tem as funções que as células sadias antes possuíam. Os nódulos de regeneração são compostos por células regeneradas que o fígado produz para tentar substituir as células perdidas, mas infelizmente esses nódulos também não conseguem realizar as mesmas funções das células sadias. As cicatrizes impedem o sangue de circular livremente pelo fígado e limitam a sua função.

         


TIPOS DE HEPATITE
 
Hepatite A
A hepatite A é uma doença aguda do fígado causada pelo vírus HAV. Esse tipo de hepatite dura de algumas semanas até alguns meses e não resulta em infecção crônica. A transmissão da hepatite A decorre da ingestão de material fecal, mesmo em quantidade microscópica, alimentos e bebidas infectadas, e do contato próximo com pessoa infectada. A vacina para hepatite A é recomendada a todas as crianças a partir de 1 ano


 

Hepatite B

A hepatite B é uma doença do fígado causada pelo vírus HBV. Esse tipo de hepatite varia de gravidade, indo de doença moderada, que cura em algumas semanas (aguda), até doença séria de longo prazo (crônica), que pode resultar em câncer no fígado. A transmissão da hepatite B se dá por contato com sangue, sêmen e outros fluidos corporais infectados ao ter relações sexuais com pessoa infectada, compartilhamento de agulhas e drogas injetáveis, e de mãe para bebe recém-nascido. A vacina para hepatite B é recomendada a todas as crianças, e adultos sob risco de contaminação pelo HBV.
 

Hepatite C
A hepatite C é uma doença no fígado causada pelo vírus HCV. Esse tipo de hepatite algumas vezes resulta em doença aguda, porém ela geralmente é crônica e pode levar a cirrose e câncer no fígado. A transmissão se dá pelo contato com sangue de pessoa infectado, geralmente ao compartilhar agulhas e drogas infectáveis. Não existe vacina para a hepatite C




Hepatite D

A hepatite D é uma doença do fígado séria causada pelo vírus HDV e sua replicação. A forma de transmissão é a mesma da hepatite C e não há vacina.

Hepatite E

A hepatite E é uma doença do fígado séria causada pelo vírus HEV. Esse tipo de hepatite geralmente resulta em infecção aguda. A transmissão se dá através da ingestão de material fecal, mesmo em quantidades microscópicas. Os surtos de hepatite E geralmente estão associados ao fornecimento de água contaminada em lugares de condições sanitárias ruins. Não existe atualmente vacina aprovada para hepatite E.



DIAGNÓSTICO

O diagnóstico se confirma pela sorologia sanguinea, que normalmente é solicitada quando o individuo apresenta sinais e sintomas caractéristicos da doença.

TRATAMENTO

Não existem tratamento para a cura da hepatite, porém existem medicamentos que controlam bem a ação do vírus inativando normalmente, desde que seja descoberto de forma precoce.

Sobre ÁLVARO MELLO

...
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

NÃO SERÁ PUBLICADO COMENTÁRIOS QUE POSSUAM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO.
CADASTRE-SE E COMENTE A VONTADE.

NO COMMENTS WILL BE POSTED TO POSSESS profanity.
REGISTER AND WILL COMMENT.

NON SARANNO PUBBLICATI I COMMENTI CHE POSSONO ESSERE PROFANITÀ. REGISTRATI E POTRAI COMMENTARE.


Top