Sigam Nossa Pagina

Style2

Mais Informações Clicar na imagem



Grupo de cinco pessoas teria cometido um assalto em Nazaré da Mata. Taxista costumava dizer a amigos que provocaria acidente em caso de assalto.

O acidente que deixou seis pessoas mortas na noite de segunda-feira (17), em Aliança, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, pode ter sido causado de propósito, de acordo informações da Polícia. Dos seis ocupantes do táxi, cinco teriam assaltado um mercadinho na cidade de Nazaré da Mata, momentos antes da colisão. O grupo teria sequestrado, em seguida, o taxista, que pode ter forçado a batida com um treminhão carregado de cana-de-açúcar.

De acordo com informações da Delegacia de Plantão de Nazaré da Mata, que registrou a ocorrência, o grupo de supostos assaltantes queria seguir para a cidade de Timbaúba e, por isso, abordou o táxi. Dentro do veículo, após o acidente, a polícia encontrou duas armas de fogo, similares às que teriam sido utilizadas no assalto.

O comissário Rilton de França, após atender a ocorrência e ouvir alguns depoimentos em Nazaré descobriu que o taxista costumava comentar que preferia morrer se fosse vítima de algum tipo de sequestro. "Ela chegou a comentar com amigos que a primeira coisa que ele faria se fosse vítima de sequestro era jogar o carro contra um muro ou um poste. Ele falava que, se era para morrer, ia levar junto as pessoas que estavam fazendo isso com ele", contou.

O motorista do treminhão fugiu do local do acidente e não prestou depoimento. Entretanto, ele teria entrado em contato com o patrão, que informou à polícia alguns detalhes do acidente. "Pelo que as coisas indicam, o caminhão vinha na sua faixa normal, sem problemas. Quando faltavam uns 3 metros para os veículos cruzarem, o taxista jogou ou carro para a frente do caminhão, em alta velocidade", informou Rilton de França. O treminhão seguia de Aliança para Vicência.

A colisão teria sido tão violenta que pedaços dos corpos dos ocupantes do táxi teriam se partido ao meio e sido jogados a metros de distância. "Em quase 30 anos de profissão, nunca tinha visto nada pareccido. O taxista teve o tronco partido ao meio, os passageiros tiveram os braços amputados e as faces totalmente destruídas. Ficaram irreconhecíveis", comentou Rilton de França.
Os corpos das vítimas foram levados para o Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife. O caso será investigado pela Delegacia de Aliança.

G1 PE

Sobre ÁLVARO MELLO

...
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

NÃO SERÁ PUBLICADO COMENTÁRIOS QUE POSSUAM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO.
CADASTRE-SE E COMENTE A VONTADE.

NO COMMENTS WILL BE POSTED TO POSSESS profanity.
REGISTER AND WILL COMMENT.

NON SARANNO PUBBLICATI I COMMENTI CHE POSSONO ESSERE PROFANITÀ. REGISTRATI E POTRAI COMMENTARE.


Top