Sigam Nossa Pagina

Style2

Mais Informações Clicar na imagem



No município de Goiana, no litoral norte de Pernambuco, há funcionários sem receber há meses. Alguns reclamam que, desde que começou a campanha eleitoral, onde o prefeito Henrique Fenelon (PCdoB) tentou eleger Carlinhos (PDT) para ser seu sucessor, os salários dos funcionários perderam a regularidade. Os funcionários efetivos passaram a receber com atraso, enquanto os contratados estão recebendo com mais de 20 dias de atraso.

Os Agentes Comunitários de Saúde paralisaram as atividades na última segunda-feira (8). A categoria deles é efetiva, a que tem prioridade na hora do pagamento. Mas, ainda assim, estão com os salários atrasados. Deveriam receber até o dia 30. O prazo máximo para o pagamento se estende até o 5º dia útil, que foi a sexta-feira (5). Mas eles não receberam.

"E não é só na saúde que os salários estão atrasando. A educação também fez paralisação no último mês. Vários segmentos estão sendo prejudicados", lembra Fabíola Costa, presidente do Conselho Municipal de Saúde.

De acordo com Maria da Conceição ("Ceça"), do Sinsepumg, nesta quinta-feira (11) aconteceu nova assembleia para definir os rumos do movimento. O prefeito Henrique Fenelon (PCdoB) havia informado, por meio do secretário de Saúde Hernane Miranda, que o pagamento seria feito - atrasado - até a última quarta-feira (10). Mas o prazo acabou adiado mais uma vez, para a próxima quarta (17), e os funcionários decidiram paralisar novamente.

"Ainda não estamos em greve geral. mas estamos na expectativa, porque deveríamos ter recebido desde a semana passada. Mas o posicionamento que tivemos do secretário de Saúde é de que "talvez" vamos receber na próxima quarta", reclama Cleonice Gomes ("Ninha"), representante da Associação dos Agentes Comunitários.

"Queremos saber o que aconteceu com o dinheiro. Parte dos recursos são federais e eles chegaram ao município. Então por que não recebemos?", indaga. "Há um mês foi a Secretaria de Educação que passou pelo mesmo problema", afirma Cleonice, que também apontou o administrativo como vítima dos atrasos.

Já os funcionários contratados, reclamam que há três meses não recebem com regularidade. Em julho - mês em que iniciou a campanha eleitoral - foi o primeiro atraso. O salário de junho, a ser pago até o quinto dia de julho, foi pago com um atraso de 15 dias. Já o salário de julho, a ser pago no início de agosto, teve um atraso de 20 dias. O salário de agosto, a ser pago no início de setembro, foi atrasado em 25 dias. E o salário de setembro ainda não foi pago aos contratados, que não têm força política para uma paralisação.

"Nesse ritmo nós não iremos receber dezembro", reclama um funcionário contratado, lembrando que o próximo gestor, Fred (PTB), pertence a outro grupo político.

O secretário Hernane Miranda, em contato com o Blog, informou que "o município não conseguiu pagar porque não tem recursos", antes de confirmar que os contratados também estão com o pagamento atrasado.

Tirando o corpo fora, Hernane afirmou que o problema é municipal, não só da saúde, lembrando que a educação também passou por esta dificuldade em setembro.

O chefe de gabinete do Prefeito, Alfredo do Espírito Santo, minimizou o quadro afirmando que várias prefeituras do litoral norte passam pelas mesmas dificuldades financeiras. Ele justificou o quadro com a queda do FPM e redução do IPI. "Mas, com todas as dificuldades, já foram pagos o pessoal de educação e está programado o pagamento do pessoal da saúde".

O Governador Eduardo Campos criticou a divisão do Fundo de Participação dos Estados (FPE).

Questionado sobre o salário dos comissionados (nos bastidores, comenta-se que estes estariam há 3 meses sem receber), Alfredo desconversou. "Comissionados são pessoas que estão no governo porque são da confiança do prefeito. O que se referir aos comissionados, discutimos internamente".

Com a paralisação, ficam prejudicados os trabalhos na Policlínica municipal, 17 Postos de Saúde da Família, duas Unidades Mistas e quatro Unidades Básicas de Saúde.


Blog de Jamildo

Sobre ÁLVARO MELLO

...
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

2 comentários:

  1. timbaúba esta no mesmo problema salario atrasado ultimo salario pago foi 27 de setembro ate essa data de hoje não pagou estamos em outubro dia 08/11/12 tem casa pra paga luz e aguá cartão nós servido municipal como fica obgd álvaro mello

    ResponderExcluir
  2. Lamentavelmente, os salários dos professores estão atrasados desde novembro 2012. E até agora não sabemos quando iremos receber. ISSO é um desrespeito aos profissionais que trabalham na Educação.

    ResponderExcluir

NÃO SERÁ PUBLICADO COMENTÁRIOS QUE POSSUAM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO.
CADASTRE-SE E COMENTE A VONTADE.

NO COMMENTS WILL BE POSTED TO POSSESS profanity.
REGISTER AND WILL COMMENT.

NON SARANNO PUBBLICATI I COMMENTI CHE POSSONO ESSERE PROFANITÀ. REGISTRATI E POTRAI COMMENTARE.


Top