Sigam Nossa Pagina

Style2

Mais Informações Clicar na imagem




A Prefeitura de Goiana esclarece que o estado de emergência, decretado no final do mês passado, pelo Secretário Nacional de Defesa Civil, Humberto Viana, contempla o período de estiagem de setembro do ano passado a meados de abril deste ano.
De acordo com o secretário municipal de Agricultura, Pesca e Meio Ambiente, Ivo Câmara, a falta de chuvas naquela ocasião provocou uma grande redução na safra de diversos alimentos. Em alguns casos, como o de milho, inhame e feijão, a perda chegou a 100% da produção. Já na plantação da cana de açúcar o prejuízo ficou em torno de 50%.
“Diante dos prejuízos recorremos a Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco (Codecipe) e informamos das nossas dificuldades na tentativa de que os produtores pudessem reaver essa perda” declarou Ivo. Ainda segundo ele, com a publicação do decreto 056/2013 no Diário Oficial da União (DOU) do último dia 28, as famílias que vivem da agricultura e foram prejudicadas com a estiagem poderão contar com benefícios enviados pela União e com a concessão de novos créditos com prazos mais prolongados para a reestruturação do plantio.

Câmara ainda acrescentou que “mesmo Goiana sendo um dos municípios em que mais chove no ano a estiagem neste período comprometeu a agricultura e as chuvas de agora não minimizam as perdas de meses atrás”.

Secom

Sobre ÁLVARO MELLO

...
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

NÃO SERÁ PUBLICADO COMENTÁRIOS QUE POSSUAM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO.
CADASTRE-SE E COMENTE A VONTADE.

NO COMMENTS WILL BE POSTED TO POSSESS profanity.
REGISTER AND WILL COMMENT.

NON SARANNO PUBBLICATI I COMMENTI CHE POSSONO ESSERE PROFANITÀ. REGISTRATI E POTRAI COMMENTARE.


Top