ABERTURA DE VERÃO 2022

ABERTURA DE VERÃO 2022

Sigam Nossa Pagina

..

..
clique na Imagem

Style2

Mais Informações Clicar na imagem


Mulher continua internada na UTI de um hospital particular em Recife-PE e não há previsão de alta médica

A paraibana de 31 anos que foi sequestrada, estuprada e atropelada, na cidade em Goiana, na Zona da Mata do estado de Pernambuco, teve perda de memória. A informação foi confirmada nesta segunda-feira (29) pelo delegado da Polícia Civil de Pernambuco, Herbert Martins, que investiga o caso. O crime se iniciou no sábado (20), em João Pessoa, onde duas mulheres e um bebê foram sequestrados e finalizou no domingo (21), em um canavial pernambucano. Uma das vítimas morreu e o bebê da sobrevivente passa bem.

Segundo o delegado, a mulher segue internada na UTI de um hospital particular em Recife-PE e não há previsão de alta médica. A jovem está recuperando a memória de forma gradual e a polícia aguarda uma melhora no quadro de saúde dela para colher mais detalhes do crime.

“Ela teve um bloqueio mental. A vítima não se lembra de nada do momento do crime. Isso pode durar uma semana, um mês, um ano ou o resto da vida. Segundo os médicos, o nome para esse tipo de perda se chama ‘transtorno pós-traumático'. Isso prejudica e muito as investigações porque ela é testemunha ocular do caso. Não podemos forçá-la a lembra do ocorrido porque isso pode trazer danos psicológicos irreversíveis. Vamos esperar a melhora mental dela para aprofundar as investigações”, comentou o delegado.

Martins disse que o inquérito está transitando e sendo investigado. “As polícias da Paraíba e Pernambuco seguem investigado com os poucos recursos. Mas, esperamos elucidar o crime o mais breve possível”, falou.


A sobrevivente teve múltiplas fraturas e lesão esplênica (baço), em consequência do atropelamento, além do abuso sexual. Ela deverá passar por cirurgias. “Os médicos do hospital revelaram que a vítima nasceu novamente. O estado de saúde dela é delicado e ainda não foi feita cirurgia devido o quadro clínico dela. A jovem fala de forma lenta e muito baixa”, comentou o Herbert Martins.

De acordo com a Polícia Civil da Paraíba, as duas mulheres e o bebê de uma delas foram sequestrados por homens que ainda não haviam sido identificados. As vítimas foram abordadas e conduzidas no carro de uma delas, um Fiat Siena, até a Zona Rural da cidade de Goiana, na Zona da Mata do estado de Pernambuco, a 62 km de Recife, na fronteira com a Paraíba. “Os dois jovens estavam em uma motocicleta. Um deles foi no carro e outro na moto. Quando chegaram no canavial em Goiana cometeram o crime”, falou Walter Brandão.

Segundo oficiais da 3ª Companhia de Polícia Militar de Goiana e do 2º Batalhão da PM de Nazaré da Mata, que atuam na região, as mulheres foram conduzidas a um canavial às margens da rodovia BR-101, próximo à fábrica da Jeep, onde foram torturadas e estupradas. Após o abuso sexual, os bandidos amarraram as mulheres e passaram com o carro por cima das duas, causando a morte de uma delas.

Fonte: PortalCorreio

Sobre Unknown

...
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

NÃO SERÁ PUBLICADO COMENTÁRIOS QUE POSSUAM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO.
CADASTRE-SE E COMENTE A VONTADE.

NO COMMENTS WILL BE POSTED TO POSSESS profanity.
REGISTER AND WILL COMMENT.

NON SARANNO PUBBLICATI I COMMENTI CHE POSSONO ESSERE PROFANITÀ. REGISTRATI E POTRAI COMMENTARE.


Top