Sigam Nossa Pagina

Style2

Mais Informações Clicar na imagem

 Pernambuco está na disputa por uma fábrica de caminhões. O governo do Estado e a empresa Metro Shacman do Brasil estão negociando os detalhes da possível implantação da unidade fabril. “Há uma probabilidade grande da planta industrial ficar em Pernambuco”, disse ontem o diretor executivo da Metro Shacman do Brasil, Rodrigo Teixeira, que estava no Porto do Recife acompanhando o desembarque de uma primeira importação dos caminhões da companhia chinesa Shacman que chegaram à estatal (leia matéria vinculada). 

O investimento na fábrica é superior a R$ 1 bilhão. A expectativa é que o protocolo de intenção para a implantação do empreendimento seja assinado na viagem que o governador Eduardo Campos (PSB) vai fazer, no final deste mês, à China. Teixeira não revelou o nome das cidades que estão sendo cotadas para receber o empreendimento.
“O governo do Estado nos deu algumas opções entre o litoral, a Zona da Mata e o Agreste”, afirmou. Ele acrescentou também que os detalhes sobre o empreendimento vão estar definidos num prazo de 60 dias. “Estamos esperando as novas regras do setor automotivo que deverão ser anunciadas pelo governo federal”, contou. 

A expectativa é que a nova lei estabeleça um tipo de benefício especial para as empresas automotivas que se instalarem em regiões menos desenvolvidas, como o Nordeste e o Centro-Oeste. “A ideia de produzir caminhões no Brasil é para atender a todo o mercado da América Latina e também o lado leste da África”, comentou Teixeira. O Brasil é o 4º maior mercado de caminhões do mundo com um consumo anual de cerca de 190 mil unidades. 

Embora a China já tenha anunciado que vai desacelerar um pouco a sua economia este ano, Teixeira acredita que não haverá impacto na futura implantação da fábrica. “Isso vai fortalecer o nosso projeto, porque essa desaceleração vai fazer com que algumas empresas chinesas tenham que aumentar a sua internacionalização para chegar a novos mercados”, comentou. Desde março último, a previsão de crescimento da economia chinesa passou a ser de 7,5% para 2012. Antes disso, a expectativa era 8%. Segundo Teixeira, os caminhões da empresa que estão chegando ao País têm tecnologia brasileira e foram modificados para atender todas as normas de segurança em vigor no Brasil.

 Os caminhões da marca que estão chegando ao País têm o Euro 5, um sistema que polui menos ao queimar o diesel, de acordo com o diretor técnico da Metro Shacman do Brasil, João Comelli. Ainda na chegada dos caminhões, está sendo estudada a possibilidade de implantação de uma fábrica de ônibus da empresa no Brasil, que não tem ainda o local definido.

Do JC Online

Sobre ÁLVARO MELLO

...
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

NÃO SERÁ PUBLICADO COMENTÁRIOS QUE POSSUAM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO.
CADASTRE-SE E COMENTE A VONTADE.

NO COMMENTS WILL BE POSTED TO POSSESS profanity.
REGISTER AND WILL COMMENT.

NON SARANNO PUBBLICATI I COMMENTI CHE POSSONO ESSERE PROFANITÀ. REGISTRATI E POTRAI COMMENTARE.


Top