...

...

Style2

.

.

Política: Armando se despede do Senado anunciando MDIC como “ponta de lança” da reativação da economia‏

Segurança: Marinha reforça fiscalização na costa pernambucana no verão



Ao todo, 140 militares e 13 embarcações fazem vistorias nos 187 quilômetros do litoral, o que exige participação da população com denúncias

Turismo: Governador participa da inauguração do Palacete Estácio Coimbra, novo espaço do Museu do Estado de Pernambuco‏

Teatro: Humberto Martins, Paloma Bernardi e Thaiz Schmitt estarão na Paixão de Cristo de Nova Jerusalém

Divulgação: Novo Bar Porto do Céu







Evento: O Último Entremeios de 2014 Será Realizado no Próximo Domingo


Tendo como tema Análise e Perspectivas do Setor Cultural de Goiana, será realizada, no próximo domingo (21/12), a última etapa do projeto Entremeios em 2014, que acontecerá, como de praxe, no auditório da Agência de Desenvolvimento de Goiana (AD Goiana). O evento acontecerá a partir das 15h.

Nesta 11ª edição o projeto se propõe a uma grande imersão nas edições que já foram realizadas este ano e traçar novas perspectivas para as diversas linguagens culturais, visando manter o que apresentou resultados satisfatórios e buscando novos arranjos para os possíveis desafios de 2015.

A jornada final contará com representantes de literatura, música, artesanato, designer, audiovisual, etc, celebrando e tornando mais densa toda a cadeia da economia criativa da região da Mata Norte.

RESULTADO - Durante o ano de 2014 as realizações do Entremeios se mostraram um importante instrumento de debates, reflexões e celebrações para os agentes da cadeia produtiva da cultura goianense. As edições tiveram como eixos norteadores o intercâmbio de ideias e de fazeres culturais realizados por artistas e produtores locais, estes sempre em contínuo diálogo com representantes de outras cidades da região de Pernambuco e da Paraíba.

SERVIÇO:

11º Entremeios : Análise e Perspectivas do Setor Cultural de
Goiana

PROGRAMAÇÃO:

15h - Mostra de ações e exposições.
15h30 - Um olhar de análise do passado ao presente.
16h30 - Perspectivas para o futuro.
17h30 - Fazendo celebres ações com: Luiz Duarte e Mônica Maria


QUANDO:

21 de dezembro de 2014 [domingo]

ONDE:

Auditório da Agência de Desenvolvimento de Goiana
Rua 05 de Maio nº 48, Centro, Goiana-PE

Informações:
Fone: 9432-4502
E-mail: edjanevicente@hotmail.com

Assecom-AD Goiana

Nazaré Da Mata: Jovem Aliancense Morre em Acidente Automobilístico na BR-408


Um acidente de trânsito deixou um saldo de um morto,na Rodovia Federal BR-408,próximo ao Engenho Teimoso,zona rural de Nazaré da Mata,na Mata Norte do Estado.

O acidente envolveu um caminhão,de cor vermelho,placas MNJ-5468,que colidiu com um Cross Fox,de placas PFU-1740-Aliança-PE,que foi arrastado por alguns metros pelo caminhão.

O condutor do auto passeio,o jovem Humberto Barbosa de Figueiredo Neto,conhecido por  Neto Figueiredo,de aproximadamente 20 anos de idade,ainda foi socorrido pelo SAMU  ao Hospital Regional Ermírio Coutinho,em Nazaré da Mata,mas morreu à caminho.

O corpo da vítima foi encaminhado ao IML,em Recife.



















Com Informações do GirodaMata

Sem energia: Apagão em Pernambuco foi causado por curto-circuito em cabos da Chesf



Dois clarões assustaram os moradores da Região Metropolitana do Recife na noite de ontem. Diferentemente do registrado em outubro, não se tratou de um bólido vindo de uma chuva de meteoros. O problema foi ocasionado por uma espécie de curto-circuito nos cabos de distribuição localizados na sede da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), no Bongi. Como o sistema é interligado, o transtorno se alastrou para a subestação Joairam, no Curado. As falhas deixaram o Recife, a Região Metropolitana e várias cidades do interior no escuro. O primeiro transtorno foi registrado por volta das 23h.

Nas redes sociais, moradores do Recife, Olinda, Paulista, Jaboatão dos Guararapes, Surubim, Ipojuca, Vitória de Santo Antão, Arcoverde, São Lourenço da Mata, Gravatá, Goiana, Petrolina, Passira, Cabo de Santo Agostinho e Camaragibe se queixaram sobre a falta de energia generalizada.

Por conta do blecaute, as linhas de metrô pararam. O Centro de Controle Operacional do Metrorec informou aos usuários que não havia previsão das subestações voltarem a funcionar. Os passageiros foram orientados a buscar transporte alternativo e quem estava nos vagões teve que descer e seguir pelos trilhos. O Hospital da Restauração, maior emergência médica do Nordeste, não sofreu com a ausência de luz.

Insatisfeitos, os pernambucanos aproveitaram o Facebook e o Twitter para informar sobre os transtornos. Os bairros com mais registros de queixas foram Afogados, Graças, Setúbal, Estância, Cajueiro, Imbiribeira, São José, Boa Vista, Boa Viagem, Várzea, Jiquiá, Tamarineira, Arruda, Cidade Universitária, Tejipió, Jaqueira, Aflitos, Nova Descoberta e Torrões e Casa Amarela, no Recife; Barra de Jangada, Candeias e Piedade, em Jaboatão; Nossa Senhora do Ó, em Ipojuca; Pau Amarelo e Janga, em Paulista; e Aldeia, em Camaragibe.

Bólido
Em outubro passado, outro clarão no céu da Região Metropolitana assustou os pernambucanos. No entanto, a Sociedade Astronômica do Recife esclareceu que o evento se tratou de um bólido da chuva de meteoros orionídeos, proveniente dos rastros de pedregulhos deixados pelo Cometa Halley, vindo da direção da Constelação de Órion. O bólido é um fragmento de matéria sólida que ao penetrar na atmosfera terrestre provoca um brilho intenso seguido por um estrondo. Na ocasião, não houve falta de energia.

Diário/Pe

Meio Ambiente: Goiana, Itambé e Abreu e Lima encabeçam ranking de destruição da mata atlântica em PE





























Levantamento nacional considerou período entre 2012 e 2013. Piauí tem pior situação

Energia: Apagão atinge boa parte do Grande Recife e algumas cidades do interior de Pernambuco


         Vista aérea a partir do bairro do Parnamirim, no Recife

Divulgação: L.L Antenas Parabólicas

Saúde: Vacinação de pólio e sarampo prorrogada até 31/12‏


A Secretaria Estadual de Saúde (SES) prorroga até o dia 31 de dezembro a campanha de vacinação contra a poliomielite e o sarampo. Até o momento, foram vacinadas 577.752 crianças entre 6 meses e menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias) contra a pólio (92,36% de um total de 625.552) e 195.270 meninos e meninas entre 1 ano a menos de 5 anos contra o sarampo (89,38% de 220.757). A meta é vacinar, no mínimo, 95% do público alvo. Todos os postos de saúde estão abastecidos para fazer o atendimento dos pequenos pernambucanos.

Divulgação: Bonnamoda, Vista-se bem, vista-se na Moda, Vista Bonnamoda

Culinária: Cuscuz de Bacalhau

Foto: Gshow

Esporte: Sport acerta com Diego Souza e só espera Metalist para cravar renovação

Diego Souza está muito próximo de acerto com rubro-negros

Goiana: Seminário de Gestão do Trabalho em Saúde propõe mais investimentos na área

Gestores e trabalhadores também discutiram as limitações da LRF e defenderam tratamento diferenciado para as áreas de saúde e educação

Na última quarta-feira (10) prefeitos, gestores municipais, especialistas, trabalhadores e usuários se reuniram para discutir o tema da Gestão do Trabalho em Saúde, com os municípios da XII Geres, no Sesc Ler em Goiana. O foco do encontro foram os trabalhadores do SUS. O evento foi promovido pelo Instituto de Estudos em Saúde do Trabalhador (Inest) com o apoio da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) e do Ministério da Saúde.

Nos debates da plenária o foco principal foi a dificuldade dos municípios quanto aos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal para folha de pagamentos e a necessidade de ampliar os investimentos para a área de saúde. De acordo com a médica sanitarista e assessora do Conasems Cristina Sette, o Canadá chega a investir em torno de 75% dos seus gastos com pessoal, “os investimentos em países da Europa é em torno de 8% do PIB, o dobro do que o Brasil investe”, informou.

As propostas, que foram intermediadas por Liana Mary, secretária de Saúde do Trabalhador da CUT, foram: Aumento dos investimentos em saúde, unindo-se a bandeira do Mais 10, um pleito de diversos movimentos e instituições, além de políticos, para que o Brasil invista 10% na área de saúde. Quanto a LRF surgiram algumas sugestões: retirar da LRF os gastos com saúde e educação, ou aumentar dos 54% permitido e uma terceira foi desvincular as verbas federais das limitações dos municípios. De acordo com Ernani Miranda, coordenador técnico do evento, as propostas serão avaliadas por um grupo de especialistas para verificar as possibilidades legais e depois encaminhadas aos organismos de direito em nível federal, estadual ou municipal, além do legislativo.

Na abertura, o prefeito de Goiana Fred Gadelha considerou o evento “um divisor de águas para Goiana”, informando que o município congrega atualmente cerca de 20 nacionalidades,- de israelenses a japoneses - na fábrica da Fiat e que precisa de uma aparelhagem substancial na saúde. “Temos muitos investimentos na saúde. Hoje o agente de saúde em Goiana recebe a produtividade SUS, entendemos que existe o cliente interno que é o profissional de saúde e o externo que é o usuário. Outro ponto fundamental é a estrutura que permita o profissional desempenhar bem suas funções e isso temos investido, com construção de UBS, UPAE e unidades do SAMU”, pontuou o prefeito.

No período da manhã aconteceram palestras de Cristina Sette, assessora do Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (CONASEMS), Gérson Flávio, assessor de Comunicação do Departamento de Gestão e da Regulação do Trabalho em Saúde (Degerts), do Ministério da Saúde, Cíntia Alves, secretária executiva de Gestão do Trabalho em Saúde do Estado e Daniele Uchôa, diretora da XII Geres.

Discorrendo sobre o tema “A Gestão do Trabalho e Educação na Saúde como instrumento de consolidação do SUS e seu impacto na qualidade da saúde”, Cristina Sette fez um resgate histórico fazendo uma convergência da história do Brasil com seu passado colonial e o rebatimento hoje na área de saúde nos diversos aspectos: forma de atendimento, precarização, investimentos e a luta pela reforma sanitária.

Gérson Flávio discorreu sobre a comunicação da gestão do trabalho no SUS. Informando sobre a plataforma que está disponível online para os trabalhadores, com diversas informações, pesquisas, cursos, entre outros.

Cintia Alves informou que a gestão do trabalho é prioridade para a Secretaria de Saúde. “A saúde é a base para uma vida mais digna, com qualidade. O que o trabalhador quer? Boas condições de trabalho, acesso à tecnologia, boas instalações”, assegurou, destacando a importância da qualificação. “Não dá mais para ser amador na gestão, precisamos de equipes qualificadas”.

No período da tarde, Cleane Saraiva, representante da Mesa Nacional de Negociação Permanente do SUS – DEGERTS-MS, falou da importância desse instrumento de negociação coletiva divergentes ou não dos interesses dos grupos de gestores e trabalhadores. Criada em 1993, só passou a funcionar mais regularmente a partir de 2003. A mesa é composta por duas bancadas (governo e sindical) de forma paritária, atualmente com 28 representações. Neste período oito protocolos foram firmados nas áreas de desprecarização, plano de cargos, carreira e salários, promoção da saúde do trabalhador, entre outros.

Assessoria

Top