Sigam Nossa Pagina

Style2

Mais Informações Clicar na imagem





A Polícia Civil da Paraíba, em parceria com a Polícia Militar, deflagrou nas primeiras horas desta quinta-feira (18), a 'Operação Athos' na região de Itabaiana. Cento e cinquenta policiais participaram da ação, que também contou com o apoio da Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (SEAP). O objetivo foi desarticular duas organizações criminosas especializadas no tráfico de drogas e que funcionavam nas cidades de Itabaiana, Juripiranga, Mogeiro, Caaporã e João Pessoa.

Foram expedidos 24 mandados de prisão e 21 de busca e apreensão. Ao fim da operação 26 pessoas tinham sido presas, sendo duas em flagrante. Além das prisões, nas cidades em que foi realizada a operação, as polícias apreenderam drogas (maconha e crack), munições, armas, celulares, veículos, dinheiro e animais silvestres.

Os presos são acusados de tráfico de drogas, homicídios e corrupção de menores. Alguns deles já estão no Sistema Penitenciário, mas mesmo assim tiveram o mandado de prisão expedido. De acordo com a delegada de Itabaiana, Tatiana Matos, as organizações criminosas eram comandadas por dois presos da cidade, que cumprem pena em João Pessoa. Segundo ela, Douglas José da Silva e Júnior Nascimento Andrade, chefiavam o tráfico de drogas nestas cidades e agiam dentro da prisão, com o uso de telefones celulares. Eles comandavam a venda, a distribuição e ainda aterrorizavam a comunidade, cometendo homicídios e afugentando o comércio local.

Ainda conforme Tatiana Mattos, as investigações começaram há nove meses quando foi observado um aumento significativo de adolescentes envolvidos no tráfico na região de Itabaiana. "As investigações apontaram que os jovens eram recrutados por detentos de presídios de João Pessoa para agir na venda e distribuição de entorpecentes em Itabaiana e região. Tinham a função de "aviõezinhos" e eram induzidos a consumir a droga", salientou a delegada.

As equipes começaram a se reunir por volta da 1h da madrugada na cidade de Ingá, de onde partiram para o cumprimento das prisões. "Consideramos esta operação um sucesso. Primeiro, porque desenvolvemos uma ação importante para a comunidade que é a de desarticular dois grupos criminosos que agiam aqui na região de Itabaiana. E segundo, porque temos a real certeza que combatemos com eficácia o aumento do tráfico de drogas e diminuímos o número de adolescentes e crianças envolvidas com a prática criminosa", finalizou a delegada Tatiana Matos.


Os presos ficarão agora a cargo de decisão judicial. Alguns que já estavam nos presídios foram transferidos para outras penitenciárias do Estado.

Tambaú 247


Sobre ÁLVARO MELLO

...
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

NÃO SERÁ PUBLICADO COMENTÁRIOS QUE POSSUAM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO.
CADASTRE-SE E COMENTE A VONTADE.

NO COMMENTS WILL BE POSTED TO POSSESS profanity.
REGISTER AND WILL COMMENT.

NON SARANNO PUBBLICATI I COMMENTI CHE POSSONO ESSERE PROFANITÀ. REGISTRATI E POTRAI COMMENTARE.


Top