Acess

Acess

Mais Informações Clicar na Imagem

..

..
clique na Imagem

Style2



O casarão colonial que abriga o Museu do Estado de Pernambuco (MEPE) reabriu as portas nesta quinta-feira (18/12), para a solenidade de entrega da revitalização do Palacete Estácio Coimbra, espaço que retrata como era um casario pernambucano durante o século XIX. A entrega desse módulo, que passou por uma série de reformas, foi prestigiada pelo governador João Lyra Neto e pela primeira-dama, Leila Queiroz, em evento que reuniu autoridades e representantes da cultura pernambucana.

Após um 'tour' pelo espaço, o governador destacou a importância da ação. "Esse é um importante equipamento da cultura pernambucana. Com sua revitalização, podemos transmitir aos alunos, ao povo pernambucano e a todos que nos visitam, parte da nossa história". O secretário estadual de Cultura, Marcelo Canuto, destacou que os investimentos na área continuam "a todo vapor", ao anunciar uma "agenda forte" para os próximos dias. Entre as atividades previstas, estão a inauguração do Museu do Trem, além da sanção da Lei do Conselho de Patrimônio Cultural, que promoverá a democratização e transparência na área. "Essa lei ficará marcada na política de cultura de Pernambuco", garantiu Canuto.

Com dois pavimentos e 300 mil metros quadrados, o Museu do Estado mantém a proposta de "museu-casa". Inclusive, para marcar a reabertura do espaço, foi instalada a exposição "O Casarão e a Cidade - usos e costumes", com o objetivo de resgatar a história do imóvel e também a dinâmica da cidade e das famílias da época, como os hábitos alimentares, a forma de dispor a comida à mesa, além dos costumes do Oriente e da Europa adotados pelas famílias aristocráticas pernambucanas. A mostra, que está disposta em 12 ambientes com sete núcleos conceituais, reúne fotografias, textos e mobiliários da época, além de quadros, porcelanas e cristais.

Diretora do Museu do Estado, Maria Digna Pessoa de Queiroz destacou a "força de vontade" e o "amor pela arte" da equipe que atuou na reforma do prédio. "Eles são apaixonados, competentes e estudiosos. Eles trabalharam entrando pela noite para que pudéssemos estar aqui hoje", elogiou. O local estará aberto para visitação do público em geral a partir desta sexta-feira (19/12). Com horário de funcionamento de terças a sextas-feiras (das 9h às 17h), e no sábado e domingo (das 14h às 17h), a entrada custa R$ 5 (inteira) e R$ 2,50 (meia). Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 3184-3174.

Fonte: Secretaria de Imprensa de Pernambuco

Sobre ÁLVARO MELLO

...
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

NÃO SERÁ PUBLICADO COMENTÁRIOS QUE POSSUAM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO.
CADASTRE-SE E COMENTE A VONTADE.

NO COMMENTS WILL BE POSTED TO POSSESS profanity.
REGISTER AND WILL COMMENT.

NON SARANNO PUBBLICATI I COMMENTI CHE POSSONO ESSERE PROFANITÀ. REGISTRATI E POTRAI COMMENTARE.


Top