Mais Informações Clicar na Imagem

..

..
clique na Imagem

Style2



A Happy Colours Festival aconteceu, neste domingo (11), no Loteamento Enseada em Ponta de Pedras Litoral Norte de Pernambuco, foi uma festa para toda família com um público de todas as idades. Trazida pela primeira para Ponta de Pedras, pelos produtores Ramon Aranha e Aranha Produções Artísticas, o festival de cores virou uma celebração de música, dança e cor.

O ponto alto da festa foram as “colorblast’s” (explosões de cores), após uma contagem regressiva os participantes são convidados a jogar ao alto o Gulal, um pó a base de amido de milho, totalmente atóxico, também chamado de Zim, enchendo o evento de cores e alegria que aconteciam de hora em hora.

A animação do evento ficou por conta dos DJs: Full Beat, Electra, Fábio Andrade, Juliana Vieira, André Navarro e o grande destaque da festa vindo de São Paulo, Paulo Pringles

Por onde o Happy Colours passa deixa uma marca de alegria e descontração, reunindo famílias e amigos em uma diversão saudável.

O Happy Colours é uma versão do Happy Holi que foi Inspirado no festival indiano que celebra a Primavera.

O festival

O Happy Holi nasceu em 2013, em Lisboa, e desde então vem percorrendo diversos países. No Brasil, o festival se realizou pela primeira vez em Fortaleza,  e já passou por Maceió, Aracaju, Brasília, Recife e Teresina.

Com azul, amarelo, vermelho, verde e rosa, as cores usadas no evento, o Zim, feito pela empresa baiana Zim Color, única do Brasil a fabricar o pó colorido, não causa  danos à saúde, e deve ser evitado apenas por quem possui alergia a corante alimentar. 

A origem do Holi

O Happy Holi é inspirado em outra festa bastante colorida: o Holi - Festival das Cores, evento anual da Índia. Típica da religião hindu, o Holi marca o início da primavera no hemisfério norte. E, baseado na mitologia hindu,  celebra o triunfo do bem sobre o mal.

Sua origem é incerta e remete a várias lendas do povo   hindu. Uma das mais comuns aborda a história do Rei Kashipú, que, acreditando ser um deus, teria tentado matar seu filho Prajlad pela devoção deste ao deus hindu Vixnu.

Mas suas tentativas foram  frustradas e Kashipú ordenou que sua filha Hólika, imune ao fogo, entrasse com o irmão numa fogueira. Mas o tiro saiu pela culatra: segundo a lenda, Hólika foi queimada enquanto Prajlad era salvo por Vixnu.

E é  assim que o festival começa na Índia: com fogueiras  acesas representando a morte de Hólika. Nos dias que se seguem, as pessoas jogam pó colorido uns aos outros, desejando "Feliz Holi", enquanto todos se misturam, apesar da forte segmentação social que rege o povo hindu, e exaltam as cores e a alegria.


























































































Sobre ÁLVARO MELLO

...
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

NÃO SERÁ PUBLICADO COMENTÁRIOS QUE POSSUAM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO.
CADASTRE-SE E COMENTE A VONTADE.

NO COMMENTS WILL BE POSTED TO POSSESS profanity.
REGISTER AND WILL COMMENT.

NON SARANNO PUBBLICATI I COMMENTI CHE POSSONO ESSERE PROFANITÀ. REGISTRATI E POTRAI COMMENTARE.


Top