Sigam Nossa Pagina

Style2

Mais Informações Clicar na imagem




Expectativa dos governadores é de que o BNDES também participe da parceria com o mesmo valor

O governador Eduardo Campos participou nesta sexta-feira (18), em Fortaleza, do "Nordeste do Brasil, Oportunidades & Investimentos", encontro que reuniu os governadores nordestinos e os presidentes do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Luis Alberto Moreno, e do Banco do Nordeste do Brasil (BNB), Jurandir Santiago. A reunião aconteceu no Palácio da Abolição, sede do governo cearense.

Na pauta, uma apresentação do Programa de Desenvolvimento Produtivo (Prodepro), do BNB, que pretende abrir uma linha de financiamento voltado para melhorar a infraestrutura e ampliar a atração de investimentos da região Nordeste. O programa é desenvolvido em parceria com o BID e os recursos disponíveis somam US$ 1,2 bilhão (R$ 2,4 bilhões). O foco do Prodepro é a elaboração de projetos estruturantes como o planejamento de PPPs e de modelos de concessões.

A expectativa dos governadores é de que o BNDES também participe da parceria com o mesmo valor, o que dobraria o total para US$ 2,4 bilhões.

Segundo o Governo, a carência do empréstimo é de quatro anos, com 20 anos de prazo para pagar e taxa de juros libor (taxa de juros média interbancária utilizada por um grande número de bancos) de 0,6%. "Cada estado vai definir suas prioridades, buscando uma integração com os outros. O BNB vai encaminhar os projetos e internalizar os recursos", explicou Santiago.

Ademais, Campos aproveitou o encontro para chamar a atenção do BID e do BNB para o desafio de garantir sustentabilidade hídrica à região do Semiárido nordestino. "Pedimos aos bancos que estudassem a possibilidade de criarem linhas de crédito específicas para obras de recursos hídricos como a construção de adutoras, cisternas, barragens e sistemas de abastecimento d’água”.

Além de Eduardo e do anfitrião, Cid Gomes, todos os outros governadores da região estiveram presentes, exceto Roseana Sarney, do Maranhão, que enviou o secretário de Desenvolvimento Social, Fernando Fialho.
FOLHA DE PERNAMBUCO

Sobre ÁLVARO MELLO

...
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

NÃO SERÁ PUBLICADO COMENTÁRIOS QUE POSSUAM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO.
CADASTRE-SE E COMENTE A VONTADE.

NO COMMENTS WILL BE POSTED TO POSSESS profanity.
REGISTER AND WILL COMMENT.

NON SARANNO PUBBLICATI I COMMENTI CHE POSSONO ESSERE PROFANITÀ. REGISTRATI E POTRAI COMMENTARE.


Top