..

..
clique na Imagem

PierNet Telecom

PierNet Telecom

Style2

Envie sua Denúncia

Envie sua Denúncia

Mais Informações Clicar na imagem

O Governo do Estado está em busca de parceiros estrangeiros que possam se integrar ao projeto de construção de um Porto no Litoral Norte do Estado, mais especificamente na Ilha de Itapessoca, em Goiana. Hoje, o projeto está em fase de aprofundamento de estudos, que consiste no detalhamento das etapas, incluindo os custos e a forma da concessão que irá viabilizar o projeto. O Estado também aguarda a aprovação da nova Lei dos Portos, que está sendo analisada pelo Congresso Nacional, e que irá definir, entre outros itens, quais tipos de concessões poderão ser firmadas.


Enquanto os custos são analisados e a legislação é discutida, o Estado busca parceiros que tenham interesse no projeto. Ontem, o secretário estadual de Governo, Lauro Gusmão, conheceu a experiência do Porto de Ghent, localizado na região de Flandres, na Bélgica. “O estudo básico do projeto para o Litoral Norte nos mostrou que ele é viável. Agora, queremos definir os custos desse projeto. Inclusive, para atrair investidores, precisamos sa­ber quanto custará e quais as formas de parcerias possíveis. Por enquanto, estamos avaliando as possibilidades”, afirmou Lauro Gusmão. O secretário está integrando a 17ª Missão Empresarial da Fecomércio-PE.

O Porto de Ghent está localizado em uma região estratégica. Fábricas como a da Volvo Truck, que monta caminhões, estão instaladas junto ao cais. Por lá, também estão instalados os maiores armazenadores de sumos de frutas, fato que, segundo o vereador e vice-prefeito de Ghent, Guy Peynebeau, agregam valor à mercadoria importada por meio de graduação e sofisticação do suco final. Um exemplo é o terminal portuário da Citrosuco Europa, que conta com terminais especializados que permitem a armazenagem do suco em 36 tanques refrigerados. O terminal também funciona como centro de distribuição europeu, onde é realizado o desembaraço alfandegário.


Ao apresentar o projeto de instalação de um porto no Litoral Norte pernambucano, o secretário Lauro Gusmão busca a troca de experiências. “Os belgas estão há anos no setor. Podemos fechar boas parcerias. Também fizemos contato com o Porto de Roterdã, que serviu de modelo para o Porto de Suape. Mas, por enquanto, o que queremos é analisar o que está sendo feito no mundo”, contou.


Além do Porto, o Estado também analisa a construção de um aeroporto no Litoral Norte. O investimento do complexo, chamado de pe2 - polo ecologístico -, ficaria perto de R$ 3 bilhões, segundo a Proposta de Manifestação de Interesse (PMI), enviada ao Estado no primeiro semestre do ano passado.


FolhaPE

Sobre ÁLVARO MELLO

...
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

NÃO SERÁ PUBLICADO COMENTÁRIOS QUE POSSUAM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO.
CADASTRE-SE E COMENTE A VONTADE.

NO COMMENTS WILL BE POSTED TO POSSESS profanity.
REGISTER AND WILL COMMENT.

NON SARANNO PUBBLICATI I COMMENTI CHE POSSONO ESSERE PROFANITÀ. REGISTRATI E POTRAI COMMENTARE.


Top