Sigam Nossa Pagina

Style2

Mais Informações Clicar na imagem



Para ficar na Série A, Leão precisa de feito inédito: seis vitórias em oito partidas. Já atingiu metade disso


A matemática diz que ainda é possível, mas para se manter na Série A do Campeonato Brasileiro o Sport precisa alcançar um feito inédito na história do clube desde a adoção do formato de pontos corridos (desde 2003): vencer seis partidas em oito confrontos consecutivos. Metade desse caminho já foi percorrido – os leoninos triunfaram em três dos seus últimos quatro compromissos –, mas a permanência ainda depende, no mínimo, de outras três conquistas até o encerramento do torneio. Com mais um empate, essa sequência histórica deixaria o rubro-negro, com 46 pontos, margem suficiente para evitar o rebaixamento à Série B.
A maior sequência de bons resultados já conquistada pelo Leão na Série A na era dos pontos corridos foi em 2008: entre a 21ª e a 26ª rodada do torneio daquele ano, o Sport venceu três partidas e empatou outras três, um total de 12 pontos. Antes disso, o máximo que o time havia conseguido foram três vitórias e uma derrota ao longo de quatro rodadas seguidas, feito alcançado pela primeira vez em 2007, repetido no início do Nacional de 2008 e agora.
“Nosso pensamento tem que ser o de lutar partida após partida. Estamos tentando não fazer conta. Temos que ir vencendo, brigando até o fim em todos os jogos e conseguir os resultados positivos, como conseguimos contra o Vasco”, adiantou o meia Hugo, autor de um dos gols no 3x0 sobre o time carioca, em São Januário, no domingo.
Para seguir vencendo, no entanto, o Sport (17º colocado com 36 pontos) tem uma lista indigesta de adversários pela frente. A começar pelo próximo domingo, contra o desesperado Figueirense (penúltimo, com 29). Em seguida, os rubro-negros recebem os cariocas Botafogo (5º, com 51), que sonha com a Libertadores, e o líder Fluminense (com 73), que luta pelo título, e se despede no clássico diante do Náutico (11º, com 45), nos Aflitos.
Fora de campo, toda torcida contra os concorrentes diretos na parte de baixo da tabela é necessária. Bahia e Portuguesa, ambos com 40 pontos, são os primeiros fora do Z-4, e alvos imediatos dos pernambucanos. O tricolor baiano ainda encara Cruzeiro (f), Ponte Preta (c), Náutico (c) e Atlético-GO (f), enquanto os paulistas têm pela frente Botafogo (f), Grêmio (c), Internacional (f) e Ponte (c). “Sabemos que eles também têm rodadas difíceis pela frente e claro que acompanhamos seus resultados durante a competição, mas não dá para calcular nada se não fizermos primeiro a nossa obrigação”, contou o zagueiro Ailson.

Jornal do Commercio

Sobre ÁLVARO MELLO

...
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

NÃO SERÁ PUBLICADO COMENTÁRIOS QUE POSSUAM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO.
CADASTRE-SE E COMENTE A VONTADE.

NO COMMENTS WILL BE POSTED TO POSSESS profanity.
REGISTER AND WILL COMMENT.

NON SARANNO PUBBLICATI I COMMENTI CHE POSSONO ESSERE PROFANITÀ. REGISTRATI E POTRAI COMMENTARE.


Top