Sigam Nossa Pagina

Style2

Mais Informações Clicar na imagem



O escritor Carlos Drummond de Andrade escreveu: “No meio do caminho tinha uma pedra. Tinha uma pedra no meio do caminho [...]”. Mas o poema poderia ser adaptado para: “No meio do caminho tinha uma árvore”, levando-se em consideração a mangueira no meio da rua que está sendo pavimentada na Praia de Ponta de Pedras no Litoral Norte de Pernambuco, o episodio está causando revolta dos moradores do distrito, segundo o pedreiro responsável pela pavimentação,a obra está sendo executada pela construtora Só Pedra, da Cidade de Pombos, o engenheiro responsável é o senhor Ozias.

O bizarro é que os pedreiros estão fazendo uma enorme curva deixando a arvore no meio da rua, o que vem despertando indignação da população, “isso é um absurdo, nunca vi asfaltar uma rua e deixar uma arvore no meio que irá atrapalhar a passagem de carros”, revoltada comenta uma professora que mora na localidade, outro morador desabafa “quero ver quando chegar o verão, essa rua irá ficar intransitável de carros, só há espaço para passar um carro por vez”, e no inverno ela transbordar de lama. Comenta.

A prefeitura não fiscalizou a construção das casas e calcadas, permitindo a invasão dos moradores, deixando a rua cemitério ainda mais apertada, há décadas a população aguarda por esse calçamento e agora se deparam com essa polêmica.

Nota-se que a mangueira está toda podre e cheia de cupim como mostra a foto podendo ocasionar um acidente se um galho grosso cair na cabeça de alguém.







Sobre ÁLVARO MELLO

...
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

1 comentários:

  1. ENQUANTO SE PRESERVA UMA MANGUEIRA NO MEIO DE UMA RUA CALÇADA, A PREEITURA DE GOIANA, ATRAVÉS DE SUA SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE, FAZ VISTAS GROSSA PARA A DESTRUIÇÃO DAS MANGUEIRAS CENTENÁRIAS DO SITIO BULANDIM, EM PONTA DE PEDRAS. A LAGOA ESTÁ ATERRADA DE LIXO E O CANAL SENDO UTILIZADO COMO PISCINA DE ANIMAIS. O CALÇAMENTO QUE LIGA A RODOVIA ÀS MALVINAS FOI ABANDONADO NO INÍCIO, MAS POUCOS SABEM QUE TAL CALÇAMENTO FOI NEGOCIADO EM TROCA DA OCUPAÇÃO DO CAMPO DE FUTEBOL DAS MALVINAS. O CAMPO FOI INTERDITADO (CERCADO0) E O CALÇAMENTO PAROU MESMO ANTES DE CHEGAR ATRÁS DO CEMITÉRIO. AGORA COMEÇAM OUTRO CALÇAMENTO COM ESTA ABERRAÇÃO DA ÁRVORE. SERÁ QUE ISTO É BRASIL. MAS DE GOIANA, TUDO PODE SE ESPERAR COM RELAÇÃO A PONTA DE PEDRAS.

    ResponderExcluir

NÃO SERÁ PUBLICADO COMENTÁRIOS QUE POSSUAM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO.
CADASTRE-SE E COMENTE A VONTADE.

NO COMMENTS WILL BE POSTED TO POSSESS profanity.
REGISTER AND WILL COMMENT.

NON SARANNO PUBBLICATI I COMMENTI CHE POSSONO ESSERE PROFANITÀ. REGISTRATI E POTRAI COMMENTARE.


Top