Sigam Nossa Pagina

Style2

Mais Informações Clicar na imagem

Brasília

O deputado federal Jorge Côrte Real (PTB-PE) considera que projetos importantes para o Brasil ficaram para 2014. O parlamentar disse que a produção na casa legislativa foi boa em 2013, com dinâmica e interação, porém, importantes projetos ficaram de fora do debate, como o marco civil da internet, a reforma política, o código mineral, a PEC dos Cartórios e as grandes reformas estruturais- política, trabalhista e tributária.

“Esta sim é uma dívida do Congresso com os brasileiros. Mas também, não posso negar que avançamos muito com votações importantes que mudaram, para melhor, a vida da população brasileira e de setores econômicos”, lembra Côrte Real.

Em 2013, na Câmara, projetos polêmicos foram votados e fizeram o povo se mobilizar. Entre eles, a PEC 37, a MP dos Portos, Royalties do Petróleo – que terá parte dos recursos direcionados para a saúde e educação brasileira, o Voto Aberto (depois de protestos nas ruas) e a renegociação das dívidas dos estados e municípios.

 “Com a aprovação dessas proposições tenho a impressão que avançamos e contribuímos muito para criar um ambiente melhor tanto para a democracia brasileira, como para a geração de emprego e renda”, disse Côrte Real.
Agreste 
Côrte Real participa da entrega de casas do Minha Casa Minha Vida em Garanhuns

O deputado federal Jorge Côrte Real (PTB-PE) participou da entrega, último dia 10 de janeiro, de 496 unidades habitacionais em Garanhuns. Ao lado do prefeito e parceiro, Izaías Régis, Côrte Real parabenizou mais de 1.900 pessoas que foram beneficiadas.
 
As casas são do Programa do Governo Federal Minha Casa Minha Vida e estão localizadas nos Condomínios Residenciais Manoel Camelo I e II, no bairro Cohab II. O empreendimento, destinado a famílias com renda de até R$ 1,6 mil (Faixa I), recebeu o investimento total de R$ 20 milhões, com recursos do Fundo do Arrendamento Residencial (FAR).
 
O deputado elogiou a criação do programa federal pelo ex-presidente Lula, e incrementado pela presidente Dilma Rousseff, que tornou realidade o sonho da casa própria para milhares de pessoas. Cortê Real parabenizou a Caixa Econômica pela organização e competência na gerência do Minha Casa Minha Vida e a prefeitura de Garanhuns “sempre preocupada com o bem-estar da população”.
 
"Essa inauguração traz perspectivas de dias melhores para todas essas famílias. É uma nova fase, um ambiente mais digno para se viver. É uma conquista que começou lá atrás com o presidente Lula, um homem que é daqui!", disse Côrte Real. O parlamentar também lembrou a importância do senador Armando Monteiro, que trabalha em Brasília para o desenvolvimento da região e de Garanhuns. 
 
A parceria da Prefeitura de Garanhuns para a realização da obra foi fundamental e estratégica. O prefeito Izaías Régis aproveitou a inauguração do condomínio e anunciou que novas obras serão construídas no entorno do condomínio, como: escola, Unidade de Saúde da Família e uma creche. 
 
Habitacional - O empreendimento tem 496 apartamentos, com área privativa de 43,88m², divididos em 2 quartos, sala, banheiro, cozinha, área de serviço e 01 vaga de garagem. O custo médio das unidades é de R$ 41 mil. O empreendimento, destinado a famílias com renda de até R$ 1,6 mil (Faixa I), recebeu o investimento total de R$ 20 milhões, com recursos do Fundo do Arrendamento Residencial (FAR).
 
Brasília
Identificação de motociclista infrator poderá ser mais fácil 
A fim de coibir a ação de motociclistas infratores, o deputado federal Jorge Côrte Real (PTB-PE) sugere, como ação preventiva, a adoção de material rígido para confecção de placas destinadas às motocicletas.
 
Com o retorno do recesso parlamentar,  o Requerimento de Indicação nº 5614/2013 apresentado em 2013 terá andamento em 2014. O documento foi direcionado ao Poder Executivo- Ministério das Cidades uma vez que o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) atribui ao Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) a competência para normatizar o assunto.
 
Segundo o parlamentar, muitos motociclistas que cometem infrações não são identificados devido ao condutor dobrar a placa para dificultar a identificação do veículo. “Uma medida simples e preventiva poderá combater crimes e acidentes fatais. Vamos coibir a prática e facilitar a identificação dos infratores por parte das autoridades competentes”, reitera Côrte Real.

Sobre ÁLVARO MELLO

...
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

NÃO SERÁ PUBLICADO COMENTÁRIOS QUE POSSUAM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO.
CADASTRE-SE E COMENTE A VONTADE.

NO COMMENTS WILL BE POSTED TO POSSESS profanity.
REGISTER AND WILL COMMENT.

NON SARANNO PUBBLICATI I COMMENTI CHE POSSONO ESSERE PROFANITÀ. REGISTRATI E POTRAI COMMENTARE.


Top