..

..
clique na Imagem

PierNet Telecom

PierNet Telecom

Style2

Envie sua Denúncia

Envie sua Denúncia

Mais Informações Clicar na imagem


A Polícia Civil de Pernambuco realiza, nesta quinta-feira, duas operações para prender acusados de diversos crimes no Recife e no Agreste do estado. Os alvos são suspeitos de integrar grupos criminosos envolvidos em tráfico de drogas, comércio ilegal de arma de fogo e munição, organização criminosa, falsificação de documento público, furto, roubo, receptação e adulteração de sinais identificadores de veículos e formação de quadrilha.

De acordo com a polícia, os grupos agiam em vários municípios da zona da mata norte  como Goiana, Condado, Carpina, ainda em Limoeiro no Agreste e na Região Metropolitana como Recife, Olinda, Itamaracá, além de cidades do estado da Paraíba, como Itapororoca, Pedras de Fogo e Gado Bravo.

A meta é cumprir, ao todo 31 mandados de prisão preventiva, sendo 10 contra detentos, 27 mandados de busca e apreensão domiciliar, um mandado de busca e apreensão de um adolescente  e três mandados de condução coercitiva. Um total de 180 policiais civis participam da operação. Os presos estão sendo levados para o Depatri.  

As operações Sem Fronteiras estão sendo coordenadas pela Diretoria Integrada de Polícia Especializada, após investigação realizada pela Delegacia de Repressão ao Roubo e Furto de Veículos do Depatri, com apoio do Núcleo de Inteligência do Depatri e da Diretoria Integrada do Interior 1 e Delegacia de Polícia da 44.ª Circunscrição de Goiana, com o assessoria da Diretoria de Inteligência da Polícia Civil.


*Com Informações do Jornal Diário de Pernambuco

Sobre ÁLVARO MELLO

...
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

NÃO SERÁ PUBLICADO COMENTÁRIOS QUE POSSUAM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO.
CADASTRE-SE E COMENTE A VONTADE.

NO COMMENTS WILL BE POSTED TO POSSESS profanity.
REGISTER AND WILL COMMENT.

NON SARANNO PUBBLICATI I COMMENTI CHE POSSONO ESSERE PROFANITÀ. REGISTRATI E POTRAI COMMENTARE.


Top