..

..
clique na Imagem

PierNet Telecom

PierNet Telecom

Style2

Envie sua Denúncia

Envie sua Denúncia

Mais Informações Clicar na imagem

minosos em Pernambuco e Paraíba

'Sem Fronteiras' combateu grupo suspeito de roubo e falsificação. 'Delivery' descobriu atuação ampla de quadrilha de tráfico de drogas.

A Polícia Civil de Pernambuco divulgou nesta sexta-feira (20) o balanço de duas operações deflagradas na quinta-feira (19). A 'Sem Fronteiras' prendeu 18 pessoas, acusadas de furto, roubo, receptação, falsificação de documento e organização criminosa. Cento e oitenta policiais participaram da ação, que aconteceu nas cidades pernambucanas do Recife, Olinda, Goiana, Igarassu, Limoeiro, Condado e Carpina, e nas paraibanas Itapororoca, Pedras de Fogo e Gado Bravo.

Foram apreendidos, durante a operação, dois revólveres calibre 38 e 30 munições, documentos de veículos falsificados, R$ 10 mil em dinheiro e três carros.

Já na Operação Delivery, que combatia tráfico de drogas, 15 pessoas foram presas em Goiana e um menor apreendido. A investigação iniciou-se em abril de 2013, com o objetivo de identificar pessoas envolvidas no serviço de entrega de drogas ilícitas, uma espécie de “Disk Drogas”, em funcionamento na cidade. De acordo com a polícia, com o decorrer das investigações, foi verificada atuação de uma organização criminosa envolvida tanto com o tráfico de drogas, como também no comércio ilegal de armas de fogo e munições, além da falsificação de documentos públicos.

Esta operação contou com a participação dos policiais civis da 44ª Delegacia de Polícia de Goiana, 11ª Delegacia Seccional, Gerência de Controle Operacional do Interior (GCOI) e Diretoria Integrada do Interior 1 (Dinter-1).

No cumprimento a 17 mandados de busca e apreensão, foram apreendidos um revólver calibre 38, duas espingardas calibre 32, uma carabina calibre 38, e 25 munições diversas, crack e material para refino de drogas, 364 caixas de fumo, 38 caixas de cigarros, sete modem's USB 3G, quatro veículos, três computadores, dois Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) em branco, além de R$ 173.945 em espécie e R$ 13.587 em cheques.

Segundo a Polícia Civil, o grupo criminoso era liderado pelo serigrafista Dennis Douglas Lopes Braga, de 35 anos, morador da Rua da Baixinha, em Goiana, e Renato Lira Alves de Sousa, de 28 anos, de Condado. Com eles foram presos o microempresário Sandro Firmino da Silva, conhecido por "Sandro Imagem", de 45 anos, acusado de clonagem e comércio de veículos roubados e furtados. A cabeleireira Ana Daisy Gomes da Silva, conhecida por "Daise", de 23 anos, acusada de tráfico de drogas, armas e munições. Ela também é esposa de Dennis. O comerciante Marcos Antônio Felismino, conhecido por "Marco do Bar da Rola", de 33 anos, acusado de comercializar munições e armas de fogo. O aposentado Deusdete Barbosa de Lima, vulgo "Dió", de 77 anos, acusado de comercializar ilegalmente armas de fogo. O entregador Edson Carlos da Silva, o "Coxinha", de 20 anos, acusado de fornecer veículos roubados a Renato, em Condado. O motorista José Nildo da Silva, conhecido por "Meteoro", de 37 anos, acusado de praticar agiotagem. Elves Magno Rodrigues Firmino, o "Elvinho", de 24 anos, acusado de tráfico de drogas e comércio ilegal de munições e armas de fogo, além de falsificação de documentos públicos. O comerciante José Sávio Mesquita Barbosa, 45, atuava no comércio de munições e arma de fogo. Ele foi preso com grande quantidade de cigarros, além de uma grande quantia em dinheiro, sendo mais de 13 mil em cheques e mais de 170 mil reais, em espécie. Antônio de Pádua Dias de Araújo, 48 anos, foi acusado de tráfico de drogas. Ele era vizinho e comparsa de Dennis. Fábio Bezerra de Andrade, conhecido por "Big", de 58 anos, envolvido com o comércio ilegal de armas e munições, e o atendente e entregador Luan Cássio Medeiros da Silva, de 18 anos, acusado de porte ilegal de arma de fogo.

Durante a operação também foram presos o Naudivanio Ferreira da Silva, Deyvide Sabino da Silva e Ivson Fernandes da Silva.

A maioria dos presos foram recolhidos ao Presídio de Igarassu, na Região Metropolitana do Recife. Ana Daisy seguiu para a Colônia Penal Feminina do Bom Pastor, no Recife.

Dennis Douglas

Renato Lira

Antônio de Pádua

Ana Daisy

Sandro Firmino

Elves Magno

Deusdete Barbosa

Edson Carlos

Deyvide Sabino


Fábio Bezerra

Ivson Fernandes

José Nildo

Luan Cássio

Marcos Antônio

Naudivanio Ferreira

José Sávio



















Sobre ÁLVARO MELLO

...
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

NÃO SERÁ PUBLICADO COMENTÁRIOS QUE POSSUAM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO.
CADASTRE-SE E COMENTE A VONTADE.

NO COMMENTS WILL BE POSTED TO POSSESS profanity.
REGISTER AND WILL COMMENT.

NON SARANNO PUBBLICATI I COMMENTI CHE POSSONO ESSERE PROFANITÀ. REGISTRATI E POTRAI COMMENTARE.


Top