Acess

Acess

Mais Informações Clicar na Imagem

..

..
clique na Imagem

Style2

Foto: BlogImagem

Foto: BlogImagem

Foi com uma rápida caminhada e com um comício no Centro do Recife que o ex-secretário da Fazenda Paulo Câmara (PSB) encerrou, no final da tarde desta quinta-feira (2), sua campanha de rua na disputa pelo Governo de Pernambuco. Com a presença da ex-primeira-dama de Pernambuco Renata Campos, os atos lembraram fortemente a figura do ex-governador Eduardo Campos, padrinho político de Câmara, falecido no dia 13 de agosto em um acidente aéreo, enquanto disputava a Presidência da República pelo PSB.
Foto: BlogImagem
Foto: BlogImagem
“Fico muito triste de ser governador de Pernambuco e não ter Eduardo do meu lado. Eu queria muito ser governador de Pernambuco com Eduardo na Presidência da República. E eu sempre tive junto com ele. E vai ser muito difícil governar Pernambuco sem estar com Eduardo ao lado”, confessou Câmara à imprensa após o encerramento do ato.
“Eu não tinha me preparado para governar Pernambuco sem ter Eduardo ao meu lado. E agora eu vou me preparar para governar Pernambuco sem ter Eduardo ao meu lado, mas vou fazer o que ele sempre queria que eu fizesse. Substituísse ele e fazer com que os compromissos do povo fossem honrados”, garantiu o candidato.
Foto: BlogImagem
Foto: BlogImagem
O ato foi reforçado pelas presenças do governador de Pernambuco, João Lyra Neto (PSB); do prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB); e de candidatos proporcionais da coligação. Além de Renata, os três filhos mais velhos de Eduardo participaram do comício: Maria Eduarda, João e Pedro.
Foto: BlogImagem
Foto: BlogImagem
Pedro participou da caminhada desde o início, ao lado de Câmara. O jovem chegou a discursar, lembrando o legado do pai. “Quis o destino que nesse caminho o meu pai terminasse se transformando naquilo que ele acreditava. E esses sonhos vão subir a rampa do Palácio do Planalto no dia 1º de janeiro”, afirmou Pedro, pedindo voto para a campanha presidencial da ex-senadora Marina Silva (PSB).
CORRERIA E SUJEIRA – A caminhada, que começou na Praça Maciel Pinheiro, na Boa Vista, e terminou na Praça da Independência, no bairro de Santo Antônio, foi marcada pela correria. A pressa foi tão grande que, em dado momento, parte da militância ficou para trás, abrindo um vazio no meio da caminhada.
A primeira-dama do Recife, Cristina Melo, teve que correr para encontrar o marido, Geraldo Julio, já na Ponte da Boa Vista, que separa os dois bairros. Na multidão, uma criança de doze anos se perdeu dos pais.
Foto: BlogImagem
Foto: BlogImagem
Foto: BlogImagem
Foto: BlogImagem
Na Rua da Imperatriz, por onde passou a caminhada, e na Praça da Independência, local do comício, a militância deixou o chão sujo com panfletos e santinhos. Ao final do discurso, organização da campanha também lançou uma chuva de papéis picados do palanque.
CRÍTICAS – Durante os discursos, a crítica aos adversários coube aos companheiros de Paulo Câmara na chapa majoritária: o vice Raul Henry (PMDB) e o candidato ao Senado, Fernando Bezerra Coelho (PSB).
Foto: BlogImagem
Foto: BlogImagem
“Pernambuco precisa de um senador que honre Pernambuco. Não um boneco que saia fazendo graça e falando besteira”, disse Raul Henry, em referência ao deputado federal João Paulo (PT), que disputa o Senado contra FBC.
Já FBC, criticou os adversários por dizerem que o PSB está tirando proveito da morte de Campos. “Me admira que nossos adversários falem que nós estamos querendo nos aproveitar da morte de nosso líder”, se queixou.
Blog de Jamildo

Sobre ÁLVARO MELLO

...
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

NÃO SERÁ PUBLICADO COMENTÁRIOS QUE POSSUAM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO.
CADASTRE-SE E COMENTE A VONTADE.

NO COMMENTS WILL BE POSTED TO POSSESS profanity.
REGISTER AND WILL COMMENT.

NON SARANNO PUBBLICATI I COMMENTI CHE POSSONO ESSERE PROFANITÀ. REGISTRATI E POTRAI COMMENTARE.


Top