Mais Informações Clicar na Imagem

..

..
clique na Imagem

Style2



Basta de Violência contra a Mulher. Viver sem Violência é Direito de toda Mulher. Esse é o tema da 5ª Edição da Campanha do Governo do Estado, através da Secretaria da Mulher de Pernambuco (SecMulher-PE), apresentado nesta segunda-feira (30) à imprensa e toda a sociedade. O auditório do Banco do Brasil, na Avenida Rio Branco, n/s. Bairro do Recife ficou lotado de representantes do Estado, sociedade civil e gestoras (es) dos 175 organismos de políticas públicas para as mulheres. 

A principal peça da campanha é um vídeo de 30 segundos produzido com depoimentos reais de quatro mulheres (Lindaci Maria dos Santos Silva,  Marilene Alves de Oliveira, Érica Francisca Alves e Naydegleide Maria) que passaram pelo ciclo da violência doméstica e familiar e retomaram suas vidas após denunciarem e serem abrigadas pelo Estado. Ao final da apresentação do vídeo, Lindaci Maria fez um depoimento emocionado para as mulheres pernambucanas as encorajando a não terem medo e denunciar a violência. "Quem tem que ter medo, não somos nós mulheres e sim o agressor porque temos a Lei Maria da Penha e o Estado para nos proteger", disse.  O vídeo será veiculado nas emissoras de TV e internet. Também serão distribuídos em todo o estado adesivos para carro, backbus, banners, cartazes e panfletos.

O evento faz parte dos 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher, um movimento internacional que tem início no dia 25 de novembro e segue até 10 de dezembro.Também foram anunciados, no evento, os números da violência contra a mulher em 2015 e um balanço das ações para o enfrentamento da violência contra as mulheres, além de três portarias conjuntas do Programa: Justiça para as Mulheres e Punição para os Agressores. 

Entre as ações de combate da violência tem um novo mecanismo itinerante que é a nova  Unidade Móvel do Departamento de Polícia da Mulher (DPMUL). A unidade fará o atendimento às mulheres vítimas de violência pelo interior do Estado e demais locais onde não há delegacias especializadas para mulheres. O objetivo é levar um atendimento mais humanizado e eficaz para as vítimas de violência em todo o Estado. 

Para compor a campanha, foram escolhidas mulheres reais que passaram pelo ciclo da violência, foram protegidas pelo estado, e tiveram a oportunidade de retomarem suas vidas. Elas representam diversos segmentos da sociedade mostrando que o machismo e a violência não escolhem classe social, eles perpassam por todos os espaços de poder. As personagens passaram pelo programa de abrigamento da Secretaria da Mulher de Pernambuco. 

Participaram da mesa de abertura: a secretária da Mulher de Pernambuco, Silvia Cordeiro, o secretário de Defesa Social, Alessandro Carvalho, secretária da Mulher do Recife, Elizabete Godinho, a juíza da 2ª Vara de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, Marylusia Feitosa, a defensora Pública, Virgínia Moury Fernandes e Milu Megali, representante da Casa Civil. 





 















Sobre ÁLVARO MELLO

...
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

3 comentários:

  1. Parabéns Alvaro Mello pelo seu trabalho e clareza, no seu blog nós podemos clicar e ver as notícias, diferentemente do blog do Anderson Pereira onde nós clicamos e só aparece propaganda de terceiros, que bosta!!!! é uma enganação para com os usuários.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns Alvaro Mello pelo seu trabalho e clareza, no seu blog nós podemos clicar e ver as notícias, diferentemente do blog do Anderson Pereira onde nós clicamos e só aparece propaganda de terceiros, que bosta!!!! é uma enganação para com os usuários.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo carinho e confiança em meu trabalho que Deus abençoe

      Excluir

NÃO SERÁ PUBLICADO COMENTÁRIOS QUE POSSUAM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO.
CADASTRE-SE E COMENTE A VONTADE.

NO COMMENTS WILL BE POSTED TO POSSESS profanity.
REGISTER AND WILL COMMENT.

NON SARANNO PUBBLICATI I COMMENTI CHE POSSONO ESSERE PROFANITÀ. REGISTRATI E POTRAI COMMENTARE.


Top