Acess

Acess

Mais Informações Clicar na Imagem

..

..
clique na Imagem

Style2



Em entrevistas a rádios do Estado na manhã desta segunda-feira (24), o senador Armando Monteiro (PTB) comemorou a aliança com o PT para o processo eleitoral em 2014 e para a construção de uma nova agenda para o desenvolvimento de Pernambuco. 

“É um momento importante e agora abre-se uma nova etapa nesse processo, vamos ampliar essa aliança de forças para poder oferecer um palanque forte à reeleição da presidente Dilma em Pernambuco e, ao mesmo tempo, um palanque que possa oferecer à Pernambuco uma nova proposta, uma proposta que aponte para o futuro”, afirmou. 

Confira abaixo algumas declarações feitas por Armando: 

Decisão do PT

Armando Monteiro – "Tínhamos muita confiança de que, ao final, iriamos confirmar essa aliança e havia muitas razões para confiar nisto ao longo do processo, tendo em vista a manifestação de várias lideranças e o diálogo que fiz com vários setores do partido. Então, ao final, foi confirmada essa nossa expectativa e, o que é mais importante, por uma larga margem e por um processo essencialmente democrático em que todos foram ouvidos, todos puderam se expressar. Houve um calendário que foi rigorosamente observado, ninguém atropelou o calendário. Portanto, fico feliz de verificar que essa decisão se deu de forma democrática, aberta, transparente, e isso é claro que fortalece o projeto porque o PT é um partido que tem um enraizamento na sociedade brasileira, que tem uma trajetória, uma marca. 

O PT em Pernambuco

Armando Monteiro – “Os pernambucanos associam muito as conquistas que ocorreram nos últimos anos ao apoio fundamental que recebemos dos governos federais nos últimos 12 anos, no governo de Lula e que teve continuidade no governo de Dilma. Portanto, o Partido dos Trabalhadores está associado a essas conquistas. É um momento importante e agora abre-se uma nova etapa nesse processo, vamos ampliar essa aliança de forças para poder oferecer um palanque forte à reeleição da presidente Dilma em Pernambuco e, ao mesmo tempo, um palanque que possa oferecer à Pernambuco uma nova proposta, uma proposta que aponte para o futuro. O que eu digo sempre é que os pernambucanos se tornaram mais exigentes em relação ao futuro, todos sabem que o Estado avançou, mas sabem também que o Estado tem muitos problemas ainda. E para consolidar esse processo de crescimento, temos muito trabalho pela frente na infraestrutura, na educação, na saúde, na necessidade de fazer um desenvolvimento mais equilibrado, porque há regiões de Pernambuco onde esses investimentos não chegaram. Portanto, é essa agenda desafiadora que nós vamos discutir olhando para o futuro".

Quem tem condições de conduzir Pernambuco

Armando Monteiro – “O processo está se iniciando agora, vamos ter um processo aberto em que, a partir das convenções, vamos fazer um debate sobre as questões de Pernambuco e então o povo de Pernambuco vai julgar de maneira soberana para decidir quem é que reúne as condições para conduzir Pernambuco nesse novo tempo que, como eu disse, nos desafia. Pernambuco teve um impulso de crescimento nos últimos anos, mas Pernambuco ainda tem muitos problemas. Então, é esse debate que eu espero que se faça, um debate de alto nível, que respeite a opinião pública de Pernambuco e, pra isso, vamos nos colocar com muito entusiasmo”.

PT vai decidir nome ao Senado

Armando Monteiro – “Eu acho que o nome do deputado João Paulo é um nome que tem uma densidade indiscutível pelo que representa, a sua grande liderança popular, a sua experiência como ex-prefeito do Recife tendo largamente aprovadas as suas gestões. Então, é um nome que se coloca com muita força. No entanto, este processo tem que ser definido pelo Partido dos Trabalhadores, que vai nos apontar e indicar o companheiro que se credencia aos olhos do partido para compor a chapa. Estaremos, evidentemente, sempre dispostos a acolher a indicação do PT. Portanto, vamos respeitar essa indicação. Mas não há nenhuma dúvida que o nome de João Paulo se coloca com muita força, desponta como um nome natural”.

O PT e o aumento do tempo de televisão na campanha

Armando Monteiro – “Acho que esse é um subproduto, o primeiro é o conteúdo político da aliança, mais importante que o tempo de televisão é o simbolismo desta aliança de podermos estar juntos com forças que fizeram um papel muito importante nessas transformações que ocorreram no Brasil e em Pernambuco. Então, o conteúdo político é o que tem de mais importante. Agora, há também um subproduto importante que é o fato de que o Partido dos Trabalhadores, como tem uma bancada muito expressiva e numerosa na Câmara, é um dos partidos que tem mais tempo de televisão individualmente, então não teremos problemas de tempo de televisão. Teremos um tempo mais que suficiente pra poder fazer, pra divulgar nossas mensagens e pra fazer uma campanha absolutamente eficiente na comunicação. Quero lembrar que até em episódios passados, mas recentes aqui em Pernambuco, partidos que tiveram até um tempo muito inferior ao que vamos ter, ao final, puderam também de forma eficiente divulgar suas mensagens e até consagrarem-se nas urnas como partidos vitoriosos. Portanto, esta questão do tempo de televisão é muito importante, você precisa ter um tempo mínimo, teremos um tempo muito superior ao tempo mínimo necessário, para que a disputa possa se dar de forma equilibrada em relação à comunicação e a divulgação das mensagens”.

Assessoria 

Sobre ÁLVARO MELLO

...
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

NÃO SERÁ PUBLICADO COMENTÁRIOS QUE POSSUAM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO.
CADASTRE-SE E COMENTE A VONTADE.

NO COMMENTS WILL BE POSTED TO POSSESS profanity.
REGISTER AND WILL COMMENT.

NON SARANNO PUBBLICATI I COMMENTI CHE POSSONO ESSERE PROFANITÀ. REGISTRATI E POTRAI COMMENTARE.


Top